sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Blue Bloods: 04x01 - Unwritten Rules


*Sinopse: Os Reagans estão com parceiras fixas. Um assalto à mão armada termina com a morte de um policial, Frank tem missão para o NYPD juntar provas para levar o suspeito à justiça. No entanto, as tensões na família Reagan quando Erin libera o suspeito devido à falta de provas.


*Data de Exibição: 27 de Setembro de 2013


*Diretor: David Barrett


*Escritores: Robin Green, Mitchell Burgess


*Fotos


*Download: The Pirate Bay


*Trailer:







*Opinião: TEM SPOILERS

Clima tenso na família Reagan. O episódio fala sobre o embate entre a lei e o modo policia de agir; entre aquilo que deve ser feito quando se sabe a verdade, mas não se pode provar, assim temos um embate ético. Não podemos deixar de admirar o quanto Frank é justo e sempre acha um modo, o ético  de resolver os seus problemas. 

Tudo começa com a morte de um policial. Um sentimento de vingança e de tristeza se expressa na série,  morre uma policial (chamada Lori Collins) que tinha marido e filho, pequeno. Danny pega o caso e devido a sua maneira de querer resolver as coisas rápidos sem querer enxergar as possibilidades, mas a justiça; todos sabemos que a justiça é cega e pode se enganar - por isso para mim um policial deve procurar a verdade -. Ele literalmente faz com que a senhora  Caruso reconheça o cara que ele quer, sua parceira o adverte e sobrou para sua irmã Erin de colocar seus pés no chão e mostra que ele precisa de provas mais consistente para que possa condenar o homem, assim recusa indiciar o dito culpado. Vídeo da briga:  
Danny: Ele matou uma policial!
Erin: Eu sei, e é por isso que eu peguei este caso. Quero pegá-lo assim como você.
Danny: Não pode ou não vai colocar? Ele é assassino de policiais e está preocupada com sua média?



Não podemos esquecer que este caso também aflora na família o sentimento de perda do Joe. Jamie está com uma parceira recém formada chamada Edith Janko, mas gosta de ser chamada de Eddie (seu nome é uma homenagem a sua avó). 


O fato de Erin não indiciar o acusado de matar a policial cria uma crise na sua família, temos uma cena no jantar no qual Erin é questionada e a sua lealdade para com a família é colocada em duvida. Há também uma crise no departamento judiciário e o policial, assim Frank e a chefe dela intervem; a chefe de Erin não é tão sutil como seu pai que a questiona e a faz refletir sobre o que ela pode fazer para ajudar Danny a capturar o culpado. Não vou revelar como, mas os irmão conseguem fazer com que o acusado faça uma confissão. No fim temos uma reconciliação da família e o caso resolvido. 

"Só pra ficar claro lealdade é uma via de mão dupla". Erin 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este é um espaço de diálogo e troca entre os visitantes do blog. Compartilhe sua opinião respeitando a opinião dos demais. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do blog: Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...