domingo, 27 de maio de 2012

Glee: Entrevista de Lea Michele na edição de Outubro da Glamour de 2011





Numa manhã fim, Lea Michele caminha até uma calma cafeteria em Nova York. Ela está usando um vestido laranja e sandalhas. Nascida no Bronx e criada em Nova Jersey, Lea Michele Sarfati, 24 anos, fez sua estréia na Broadway com 8 anos; aos 21 ela participou do Spring Awakening e depois foi para ‘Glee’ como Rachel Berry.




Glamour: Está muito quente. Gostaria de berber um café gelado?


 Lea Michele: Café gelado não ajuda muito.


G: Quanto de café você bebe?


LM: Quando estamos filmando, eu consigo beber uns quatro copos. Neste período em que estávamos em uma pausa, coloquei de lado todos os meus vícios, e o café é o primeiro da lista.


G: Você não é muito de festas, é?


LM: Nunca fui. Até mesmo quando estava no colegial! não faz o meu estilo. Acho mais divertido ficar em casa com meus amigos.

G: O que você geralmente faz? O que faria se eu fosse a sua casa?


LM: Cozinharia para você. Macarrão!

G: Adoro macarrão!

LM: Faço este prato de um modo vegetariano. E mesmo que não soe apetitoso, fica uma delícia. Preparei este prato ontem à noite e depois assiti todos os meus programas preferidos: Top Chef e The Real Housewives of New Jersey.


G: Muito legal. Lea, quando descobriu que podia cantar?

LM: Não soube até que fiz o teste para Les Misérables. Minha amiga fez também, e eu quis ir também. Minha mãe pensou: “Você não sabe cantar.” Na verdade nunca tinha tentado!

G: Quantos anos você tinha?

LM: Oito anos. Depois do teste de  Les Misérables, eu disse: “Mãe, acho que eles gostaram muito de mim.” Ela disse que só de eu ser chamada de volta, já seria um milagre. Eu era muito criança, não senti nenhum medo.

G: Você é tão pequena, e sua voz é tão gigantesca. Quero saber como você sente isso.

LM: Sinto como se estivesse me jogando de um avião. Aterrorizante, mas incrivelmente revigorante ao mesmo tempo.

G: Eu entendi que seus pais não achavam que você seria famosa com esse tipo de trabalho. Como eles te manteram com os pés no chão?

LM: Minha mãe vem de uma família italiana, já meu pai vem de uma judia. Nós somos o tipo de família onde todos os domingos jantamos reunimos com todos os meus 19 primos. Meus pais vivam dizendo para mim: “Se você quiser parar de se apresentar, não tem problema.” Eles deixaram eu me descobrir por mim mesma.

G: Como seus pais se sentem sobre o seu sucesso?

LM: Eu acho que eles estão extremamente orgulhosos e ainda em choque.

G: Ainda?

LM: Porque o que está acontecendo se parece com tudo que sonhamos. Quando eu era criança, minha mãe e eu costumávamos assistir o Globo de Ouro e depois eu me fantasiava como uma celebridade e minha mãe pegava um espumante de cidra e assistiamos a prêmiação juntas. Levantava e fingia que estava fazendo um discurso de agradecimento.

G: OK, vamos para as fofocas de ‘Glee’. Cory Monteith e tão delicioso como parece ser?

LM: Cory e muito brincalhão. Juro por Deus, aquele garoto consegue me fazer rir muito.

G: Você não tem uma quedinha pela Cory?

LM: Não. Eu não tenho uma queda por ele. Rachel sim, tem uma queda enorme por ele. Ele e como um irmão para mim!

G: Quais são as fofocas de bastidores? Porque todos vocês podem se odiarem. Alguém deve odiar alguém?

LM: Eles são minha família, honestamente. Eu não tenho parentes em Los Angeles. Se eu não tivesse eles… Eu amo o elenco.

G: Qual colega de elenco mais te surpreendeu?

LM: Amber Riley. Nós duas temos grandes personalidades, e você concerteza acharia que nós duas nos odiamos. Mas ela me ensinou mais sobre mim mesma do que qualquer um. Ela me inspira, me protege, me faz cair na risada, ela fala para mim não ser tão séria. Ela é minha mamãe Amber.

G: O que vai acontecer com a Rachel na próxima temporada?

LM: Eu acho que vamos ver ela com um namorado. Ela ainda é meio inexperiente, eu queria ver eles como um pouco mais do que um casal. Eu quero conheçer o pai dela. No entanto, eu acho que eles estão guardando esse momento.

G: Você já conversou com alguém sobre o que a série proporcionou na vida dele?

LM: Uma mãe veio até mim e me disse que sua filha ficou sendo perguntada na escola “Sua mãe é lésbica?” e a garotinha disse: “Sim.” A garotinha foi para a casa e contou para sua mãe que disse: “De onde você tirou coragem para dizer aquilo?” e a garotinha disse: “Mãe, eu sou como a Rachel Berry!” Isso foi muito, muito legal!

G: Incrível. Como é sua vida quando você não está trabalhando? Como você se mantem em forma?

LM: Eu adoro ser saudável. Eu durmo bastante. Eu sou do tipo de garota que se alimenta e eu me sinto bonita não importa como eu estou. Eu agradeço minha família por isso. Eu como bastante quando fazemos comida italiana e não me arrependo porque isso me faz feliz.

G: Seu namorado [Theo Stockman] também é ator da Broadway. Então vocês estão em costas diferentes?

LM: Sim. Eu sou uma garota que gosta de namorar. Eu prefiro namoro a distância do que não namorar.

G: O que você mais ama nele?

LM: Ele me aceita do jeito que sou.

G: Nós esperamos que sim! Qual é sua noite romântica ideal quando está com ele?

LM: Filme de terror, pizza, ficar em casa, talvez estar com amigos ao redor e uma boa garafa de vinho. Eu gosto quando o filme de terror me assusta. Isso, para mim, é o melhor.


*Fotos:











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este é um espaço de diálogo e troca entre os visitantes do blog. Compartilhe sua opinião respeitando a opinião dos demais. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do blog: Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...