sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Painel de Fringe na Comic Con de 2010

 
Post in: Séries Etc

O painel de “Fringe” foi realizado com as presenças dos atores John Noble, Joshua Jackson, Anna Torv, Lance Reddick, Jasika Nicole e Blair Brown, além dos produtores Jeff Pinkner e J. H. Wyman. Na platéia, a atriz Diane Kruger, namorada de Joshua.

John Noble é o ator que mais faz sucesso entre os fãs, sendo muito assediado durante o painel; em certo momento, uma fã lhe pediu um beijo, o que deixou o ator corado, mas o máximo que ela conseguiu foi um chocolate Kiss (da Hershey’s) que lhe jogaram do palco.

As brincadeiras de Jackson dominaram o painel, que também contou com o jogo do ‘me faça uma pergunta em troca de uma pergunta’. Ou seja, quando alguém da audiência fazia uma pergunta para alguém da mesa, um dos atores respondia e fazia uma pergunta sobre a série para o fã responder. Quem respondesse certo, ganhava uma camiseta! Uma das fãs acertou os ingredientes de Walter para a maconha. Reddick a premiou com uma camiseta e uma "sentença" de 15 anos de prisão!

A série chegou de forma sofrida à terceira temporada, tendo em vista a baixa audiência. Alguns críticos acreditam que “Fringe” foi renovada por ser uma produção de J. J. Abrams, um dos responsáveis pela criação de “Lost”. Renovando a série, a expectativa da Fox poderia ser a de que os órfãos de “Lost” migrem para “Fringe”.

Outros acreditam que a renovação foi feita para dar uma finalização à história, caso os primeiros episódios não consigam elevar a audiência, que atualmente está registrando uma média de 9.96 milhões, para a primeira temporada, e de 7,34 para a segunda temporada.

A trama divide-se entre dois universos paralelos, tendo cada personagem duas versões, alguns ainda vivos, outros já mortos. Para os produtores, os personagens do universo paralelo são apenas versões daqueles que conhecemos, tendo tomado decisões diferentes de suas contrapartes.

Para Anna Torv, Olívia busca ser a melhor em tudo, enquanto que a versão paralela busca apenas sempre vencer, e essa seria a principal diferença entre as duas personalidades. Quando lhe perguntaram se ela gostava de interpretar dois personagens, a atriz diz que adora, mas que é cansativo ficar pondo e tirando a peruca que usa para a Olívia do universo paralelo. Respondendo a perguntas, Anna disse que o personagem Sam realmente existe, que não é fruto da imaginação de Olívia.

Para Reddick, seu personagem Broyles é um verdadeiro patriota, em ambos universos, o que leva o ator a ter um grande respeito por ele. Sua expectativa é ver a lealdade de Broyles ser posta à prova quando a verdade sobre Olivia começar a aparecer.

Para Jackson, Peter é o elo de ligação entre os dois mundos (visto que seu alternativo está morto), mas sua escolha no final da segunda temporada deverá determinar sua posição em relação a de que lado ficará, visto que sua decisão foi emocional, não racional; para o ator, isso significa que o personagem percebeu o que é mais importante para ele. Para Jackson, não ter uma versão no universo paralelo é uma oportunidade de assistir ao que acontece nos dois mundos, pelos olhos de telespectador, imaginando o que falta naquele ambiente… Peter!

Já para Blair, sua personagem Nina é o extremo oposto em cada universo: por um lado, ela é poderosa, mas na versão paralela (a quem a atriz chama de Nina Sharper), ela não tem o controle da situação. A versão paralela de Nina tem um passado um pouco diferente, visto que ela foi uma hippie que seguia a ‘doutrina alucinógena’.

Wyman disse no painel que o tema da terceira temporada será a dualidade, ao que Pinkner acrescentou que também terá mais sexo (ficou dúbio se ele falou sério ou se estava só provocando o público). As histórias continuarão a ter episódios fechados, embora explorem mais a mitologia da série. Visto que eles esperam ter uma audiência maior para esta temporada, é necessário permitir que novos telespectadores possam sintonizar a série, a qualquer momento, conseguindo acompanhar a trama.

Os novos episódios também deverão apresentar mais informações sobre as duas Astrids e suas vidas particulares. A relação de Nina e Peter, introduzida em um diálogo da primeira temporada (no qual foi sugerido que eles eram amigos), não deverá ser explorada nesse primeiro momento dos novos episódios, mas, mais algumas informações sobre isso deverão surgir.

Sobre Leonard Nimoy, Pinkner disse que o ator estava chateado porque a produção apenas o convidou para participar da série porque sua presença permitiria promovê-la junto ao público e à mídia.

O personagem não foi criado para Nimoy, mas, quando surgiu a oportunidade em função do fato de que Abrams dirigiu o filme “Star Trek”, pareceu a escolha certa. Visto que o ator se aposentou, os produtores não esperam tê-lo de volta, a não ser que ele queira. Assim sendo, William Bell fez sua saída da trama no final da segunda temporada e não deverá retornar.

Durante o painel, John Noble deu sua opinião a respeito de Bell. Para ele, o personagem não representa um Deus no Universo paralelo, mas uma espécie de Walter, tão inconsistente quanto; portanto, nem tudo o que ele diz faz sentido ou deve ser considerado como verdade absoluta.

Em resumo, essas foram as informações divulgadas durante o painel, que teve apenas trechos disponibilizados em video. Durante o evento a produção confirmou que o DVD da segunda temporada sai nos EUA no dia 14 de setembro.

Em paralelo, a editora Wildstorm divulgou em seu painel que lançará uma minissérie em quadrinhos da série “Fringe”, com seis edições. Serão duas histórias por edição. A série já teve uma versão em HQ antes de sua estreia em 2008.


*Sites com fotos:


*Vídeos sobre Comic Con 2010 de Fringe:
 

-  Parte 1:

- Parte 2:

- Parte 3:

- Parte 4:

- Parte 5:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este é um espaço de diálogo e troca entre os visitantes do blog. Compartilhe sua opinião respeitando a opinião dos demais. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do blog: Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...