segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

In Treatment: Entrevista com Melissa George na Moviefone



Post in: Moviefone

O filme Turistas é uma mistura de ação/horror sobre um grupo de turistas da América, Suécia e Austrália que viajam fora do caminho para uma viagem ao Brasil e acabam na mira de uma operação de tráfico de órgãos humanos. Melissa George estrela como Pru, uma australiana que fala algumas palavras em Português e torna-se a líder não-oficial do grupo desesperado.

Você provavelmente está familiarizado com George mesmo se você ainda não sabe o nome dela. Ela chegou em 1998 em Dark City, em um pequeno papel de Alex Proyas como uma linda prostituta que está sendo alvo de um assassino. Desde então, a atriz Aussie tem saltou entre passagens em programas de

Já ouvi muita gente falar neste thriller, Waz, mas ninguém parece saber exatamente o que é sobre.

MG: Waz vai sair em torno de Maio. É sobre o altruísmo na natureza e sobre se você iria matar alguém que você ama para sobreviver. É um filme muito legal.

Você já tem The Amityville Horror em seu curriculo e você está disparando 30 Days of Night. Voce é uma grande fãn de filmes de horror?

MG: Na verdade odeio filmes de terror. Todos os filmes que fiz como Amityville Horror. E sobre duas pessoas que lutam pela sobrevivência. Não era um filme de terror barato por qualquer meio. Derailed não tinha nada a ver com horror. Eu olho para o personagem pela primeira vez e tudo o que está acontecendo ao seu redor.

Acabei de ver Turistas. Há pelo menos meia hora de natação lá dentro e até mesmo uma cena de nada de peito. Você fezaulas de natação?

MG: Sim, nós tivemos que fazer prática de mergulho no Rio de Janeiro, na praia de Ipanema, e em seguida, fomos nas cavernas de verdade. O governo brasileiro nos deu permissão para filmar as cavernas. É três quilômetros de profundidade e cheios de água. Ninguém nunca tinha ido lá antes. Foi incrível revigorante, testemunhei a experiência mais extraordinária de todas as minha viagens. Fomos autorizados a nadar na Gruta Azul e foi inacreditável. A água estava quente e havia minerais na água. Foi um sonho que se tornou realidade.

Eles deixaram você usar aquele  biquíni branco?

MG: Eles eram realmente pequenos até os brasileiros estavam dizendo-me 'Oooh, como são pequenos!' E quando os brasileiros disseram isso pensei “Oh meu Deus o que me fizeram?” Eles eram tão pequenos que literalmente cabiam na palma da minha mão. Eu tinha cerca de 30 par.

Eu acho que o filme Turistas me fez querer desistir de ser um doador de órgãos. Os órgão de transplante em cena eram de mentira mesmo?

MG: Parecia ser real era como um documentário. Tivemos acesso a diferentes orgaos fasos e eram muito pesado.

Você teve que ter uma conversa em português durante as cenas iniciais. Você realmente fala Português ou foi ensaiado?

MG: Aprendi isso português! John Stockwell me fez ir para a escola e aprender Português. Eu posso falar espanhol e Português agora.

Eu acho que a cena mais interessante no filme é o começo, quando os turistas tentam tirar uma foto de um garotinho brasileiro  e seus pais enlouquecem. Você teve algum choque cultural? Você deve viajar muito.

MG: Eu vivi em Bali, durante cinco anos, e você não tem permissão para tocar crianças na cabeça. E um dia fui dizer 'Olá' estava tentado ser gentil e o que recebi em troca foi um grande não.

Não há muitos diálogo em Turistas, mas notei que você tem um estilo de atuação muito natural. Você tem alguma técnica em particular?

MG: Eu Gosto de olhar ao redor e dizer: 'O que é este ambiente me fazendo sentir?' E entrar no humor do lugar. Se a minha personagem está passando por algo que eu nunca vivi antes, o que se aplica a um monte de filmes que faço, vou investigar na minha vida algo similar que já passei. E isso dispara algum tipo de reação em mim que vai produzir a sensação da cena. Tenho trabalhado com Gabriel Byrne nos últimos três dias na série In Treatment da HBO e ele me ajudou bastante para fazer as cenas.

Você pode me dizer alguma notícia sobre 30 Days of Night?

MG: Fui fotografar durante quatro meses e voltei hoje à noite. Tinha ido a Nova Zelândia. Não posso dizer muita coisa.

Como é trabalhar com Sam Raimi?

MG: Sam Raimi é surpreendente é David Slade quem está dirigindo. David fez Hard Candy ele é um gênio. Stuart Beattie [o escritor] escreveu piratas do Caribe e Derailed.

Você sente que está misturando os generos dos filmes que faz? Está mantendo a variedade na sua carreira?
MG: Não fiz somente filmes de terror, estou tentando manter meu trabalho consistente. 30 Days of Night não é um filme de terror tem um roteiro original. Estou fazendo In Treatment é algo totalmente diferente do que já fiz. Music Within é um filme romântico. Os trabalho que estou fazendo são muito diferentes.

Diga-me dois diretores que você não trabalhaou mas gostaria.

MG: Wong Kar-wai que fez In The Mood For Love. Também gostaria de trabalhar com Pedro Almodóvar, ai eu iria me aposentar.

Você tem metas definindas para sua carreira ou algo específico para si mesmo? Algo como ganhar um Oscar e assim por diante?

MG: Se eu ganhar um Oscar isso seria fantástico. Eu amo atuar. E não estou interessada em outra coisa. Qualidade é o que eu amo e é otimo ter reconhecimento pelo seu trabalho.

Esperava que você tevesse um sotaque australiano muito mais forte. Você tem um sotaque bem americano.

MG: [risos] Hoje acordei de manhã e estava falando assim com um sotaque ais americano. Foi estranho. Sério hoje literalmente sair da cama com um sotaque diferente todos os dias.

*Waz: Gente vi o filme e é show de bola quem puder ver é muito legal e tem um bom enredo.


Assistir online:
http://www.telavelox.com/2009/11/waz-matematica-dublado-assistir-filme-online-gratis/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este é um espaço de diálogo e troca entre os visitantes do blog. Compartilhe sua opinião respeitando a opinião dos demais. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do blog: Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...